10 dicas para quem quer ser profissional

  • 23 de março de 2015
  • Dicas
f_nadal-djokovic_14_44

1. Esteja 100% decidido

O jogador tem que estar plenamente decidido a ser um profissional, pois os sacrifícios são grandes. A distância da família e amigos, as longas viagens e o treinamento bastante duro não são fáceis de suportar.

2. Escolha um treinador que lhe passe confiança

Quanto mais questionador você for, mais difícil será o caminho. O mais importante é escolher um treinador em quem confie, para assim evitar os questionamentos constantes e doar-se de coração ao trabalho indicado por ele.

3. Tome muito cuidado com a preparação física

Nesta fase, os jogadores ainda não estão totalmente formados fisicamente, pois ainda estão crescendo. Os cuidados com a carga de treinamento físico e de quadra têm que ser constantemente avaliados para evitar as lesões.

4. Priorize o preparador físico com experiência

Entre os 17 e os 20 anos, você vai adquirir a base física de força e resistência que lhe dará suporte para o resto da carreira, e para isso é fundamental a presença de um preparador físico com experiência em tênis profissional.

5. Submeta-se a uma bateria completa de testes de avaliação

Se possível a cada seis meses, com o auxilio de um fisioterapeuta e um médico ligado ao esporte. As avaliações periódicas são fundamentais para que o trabalho possa ser feito de acordo com as suas possibilidades, evitando lesões.

6. Desenvolva sua capacidade mental

O tenista precisa aprender a lidar rapidamente com as frustrações das derrotas, com as pressões que são grandes e constantes, dentro e fora da quadra, e ainda manter sua motivação sempre alta para suportar a rotina.

7. Planeje um calendário adequado

Nessa fase, o jogador perde muito mais partidas do que ganha, pois começa a jogar torneios profissionais. A intenção é que você adquira experiência e passe a jogar, conviver e treinar mais constantemente com os jogadores top. Mas perder muitos jogos seguidos pode abalar a confiança, o que vai atrasar o processo de evolução.

8. Tenha uma rotina de trabalho adequada

Você precisa compreender rapidamente a necessidade de ter uma rotina de trabalho adequada e e ciente. Para isso, são necessárias duas coisas: compreensão de que a disciplina e a atitude positiva são o alicerce de tudo, e fazer disso a sua religião.

9. Controle as expectativas

Sempre existe uma expectativa muito grande por resultados, por parte da família, patrocinadores e até do jogador. Essas expectativas precisam ser controladas pelo técnico, que deve passar tranquilidade. Grandes expectativas no início sempre atrasam o processo.

10. Seja humilde e persistente

Ter humildade para aceitar que os resultados nem sempre vêm na hora que desejamos, mesmo depois de um esforço grande, e ter persistência para seguir trabalhando com uma forte determinação.